Saturday, July 15, 2006

«O mar é a nossa machamba»

Angoche, Junho de 2006

5 Comments:

Anonymous M said...

O mar diz-nos e oferece-nos quase tudo, mas tudo ali é diferente. Só alguns (como no caso destes homens?), a quem a sorte consente,sabem ler bem os seus caminhos. Linda fotografia.
um bj

3:35 PM  
Blogger Nkhululeko said...

Olá, «m». Não encontro assim tantas diferenças, apesar de tudo. Acho que partilhamos muito mais do que por vezes assumimos. Vive-se! Isso, por si, requer sabedoria.
Bj

9:41 PM  
Anonymous Carlos Indico said...

Pq será q em todo o mundo os machambeiros do mar são uns desgraçados excepto nos países nórdicos europeus. P.ex,: aqui, neste pequeno país o cherne custa 8 Euros/Kg na C.Nova ( eu vi!) e 60 em Lx!!Imagino qt custa o q está em Bruxelas!Parece prosaico, mas não há défice que resista a isto!É como a Mozal em Moçambique , na simetria do espelho de ambos os países. Ganãncia e lucro sem trabalho.

11:55 PM  
Anonymous jpt said...

a cada um a sua machamba

1:41 AM  
Blogger Nkhululeko said...

Desgraçados, carlos?! Porquê?
Gostas de cherne? Compreendo que seja mais barato em Portugal...
É, antes, lucro com trabalho (barato, claro).

Ora aí está, JPT.

Abraços

7:46 PM  

Post a Comment

<< Home