Saturday, April 22, 2006

Sizobonana

Há frases mágicas que em determinados contextos reabrem as portas da esperança. Numa sociedade estruturada pelo apartheid e marcada por contradições profundas, é aprazível ouvir palavras amistosas em inglês, com tons de afrikaans e que terminam deliciosamente com uma despedida zulu, convidativa para uma nova visita: hamba kahle!

4 Comments:

Blogger Madalena said...

Hamba kahle, então!!!!!
Tenho de perguntar à minha prima o que é que quer dizer!!!!!!
lol
Beijinhos (estes eu sei)

2:14 PM  
Anonymous Carlos Indico said...

Como dizia o génio moçambicano António Quadros + ou -: rápido sim é o fulgir de um diamante do carbono.Era um Principe do pensamento,e morreu numa ruela de Viseu.De tristeza. Samora preferiu, como bom maoista totalitário e paternalista, os fracos talentosos.

12:14 AM  
Blogger Nkhululeko said...

Como explicas a apropriação do «Eu, o povo», Carlos?

10:46 PM  
Blogger Nkhululeko said...

Bjs pra ti tb, Madalena.

10:47 PM  

Post a Comment

<< Home