Friday, April 14, 2006

Diagnóstico apurado

«Quando uma pessoa está muito doente, o médico aconselha a não se agitar muito. A forma como estamos a fazer a revisão da lei do trabalho, parece que estamos a agitar um doente com malária cerebral. Vamos morrer!»
(C.Q., sindicalista)

4 Comments:

Blogger Madalena said...

Boa Páscoa!

7:35 PM  
Blogger Nkhululeko said...

Muito obrigado. Para ti também. Bj

9:23 PM  
Anonymous Carlos Indico said...

Já que tives 2 vezes malária, e uma febre da carraça estou absolutamente em acordo com o sindicalista. Abanar não mata, a não ser que o pendurem pelos pés.Talvez o Sindicalista muito justamente se refira ao sofrimento e impaciência que é ser abanado quando com malária. Aliás, deve ser algo desconhecido porque os sofredores são na maioria crianças de tenrra idade. Agora sabemos que o DTT se transmite no leite materno, que o óleo mineral queimado polui as poças de água parada, mas eram questões do antigamente. Quase a acabar, boa Páscua, a ressureição, desejada por este Ateu terráqueo.

11:34 PM  
Blogger Nkhululeko said...

Hehehe...:), Carlos, espero que tenhas tido muito uma boa Páscoa.

10:23 PM  

Post a Comment

<< Home