Saturday, October 29, 2005

Polivalência e Redes


Já foi um posto de venda de produtos de mercearia. Aproximando-se a época das mangas, já há algumas tigelas de manga verde à venda. Por vezes engraxam e concertam sapatos. No últimos tempo, especializam-se em tubos de escapes. É ético explorar ou antecipar as necessidades do cliente e avançar prontamente as soluções. Se na conversa (que inevitavelmente se desenrola) o cliente precisar de um serralheiro ou de um electricista, também se faz um jeito. Para negócios mais requintados (compra/arrendamento de imóveis, venda de carros e outros), há sempre um intermediário, às vezes subcontratado, disponível - «posso mostrar, mais velho». Neste caso, regateiam-se comissões. E se for necessário desencalhar os infindáveis problemas burocráticos, há sempre um conhecido em cada instituição. Problema?! Isso é muito remoto: não há maca! Mas se houver barulho, é pá, resolve-se - «confia em mim, brother».
Não sei muito bem porquê, isto lembra-me o mundo das consultorias nacionais e internacionais.

5 Comments:

Anonymous Paula said...

Olá Nkhululeko
É difícil para mim perceber o contexto desta tua mensagem.Tavez por não conhecer a situação? Aquilo que se passa na realidade que descreves? Se tiveres paciência para me explicares... eu fiquei curiosa.
Um abraço

11:11 PM  
Blogger Nkhululeko said...

Olá Paula, obrigado pelas questões. Para que os outros leitores do blog não fiquem intrigados, devo dizer que elas já produto de outro debate, noutros contextos. Por isso, digo-te apenas que é tudo uma questão de escalas e de comparações que se impõem. O dia-a-dia do «biscateiro» e a polivalência dos consultores. Especialistas de todos os assuntos, assentes numa rede poderosa de clientelismos.

11:24 PM  
Anonymous Paula said...

Obrigada pela resposta. Embore eu tenha um problema sério com as questões das "escalas e comparações", sinto-me agora mais próxima do contexto. Agora, prometo ficar caladinha por uns tempos e não chatear mais com perguntas. Exercer o silêncio e abusar do poder da observação (estou a brincar!).
Fica bem e continua!
beijos

11:51 PM  
Anonymous jpt said...

maldição, roubaram-me um post...

2:30 AM  
Anonymous Nkhululeko said...

Caro JPT,
Fazemos um em conjunto. Ah, as co-autorias (muitas vezes veladas) também são um truque importante nas consultorias. Um abraço.

9:21 AM  

Post a Comment

<< Home