Sunday, October 23, 2005

Reconciliação Sem Verdade?


Foi recentemente lançado em Maputo um livro perturbador de João Cabrita que descreve os pormenores do voo que levou à de Samora Machel. Assassinato ou acidente? Eis uma das questões mais intrigantes da história contemporânea de Moçambique que está ainda por responder. Já a publicação do livro de Bernabé Lucas Ncomo Uria Simango: um homem, uma causa, causara embaraços pouco contidos aos governantes moçambicanos, ao revelar uma versão da história da Frelimo descoincidente com a história oficial do movimento. A propósito deste livro, o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos dizia que os relatos de Ncomo revelam que há ainda um «Moçambique por contar». Pois, há sempre algo por contar, é um imperativo ontológico que assim seja. Mas impõe-se-me a questão de saber se é possível uma reconciliação sem verdade (ainda que esta não se contraponha necessariamente à mentira). Terá Moçambique uma forma própria de expiação dos maus espíritos?

3 Comments:

Anonymous Anonymous said...

This comment has been removed by a blog administrator.

8:40 PM  
Anonymous Anonymous said...

This comment has been removed by a blog administrator.

8:40 PM  
Anonymous Nkhululeko said...

Neste blog solitário não há censura! Apaguei os dois comentários porque tratava-se de spams. Esta inadvertido em relação a eles. Confesso, está a ser divertido tropeçar em mim próprio.

4:15 PM  

Post a Comment

<< Home