Wednesday, March 01, 2006

Contingências

É dramático pensar que as nossas vidas fazem, cada vez mais, justiça ao mito da Espada de Dâmocles.
(Para JT)

5 Comments:

Anonymous bird on the wire said...

A realidade pode ser mais triste que o próprio mito. Há situações em que a espada sobre a cabeça é uma ameaça não à riqueza que pertence apenas ao rei, mas ao trabalho que visa beneficiar todos.
Os bons exemplos são uma chatice!Mostram que os outros podiam fazer mais, descredibilizam o discurso das «dificuldades orçamentais» e das impossibilidades, credibilizando o da inércia, da corrupção e da falta de vontade.
Haverá sempre quem tenha vontade de os amarrar. Cabe-lhes não desistirem daquilo por que têm lutado. Aos que estão por perto, cabe-lhes ficar por perto e, em conjunto, acreditar que é possível continuar e conseguir mais.

10:41 AM  
Blogger Madalena said...

Por mais que fujamos, mesmo que troquemos os lugares, a espada está lá sempre, mesmo quando pensamos que não. Ter consciência disso, às vezes, é muito importante: obriga-nos a viver em pleno o momento e o lugar!
Um abraço à minha cidade!

11:29 AM  
Blogger Nkhululeko said...

O pior, Bird, é que a espada pode cair pelos motivos mais banais. Madalena, receita ajustada essa. Mas sabemos que não nos basta...inquieta-nos sempre o que poderá vir em seguida. Abraços.

9:07 PM  
Blogger Mangue said...

O que temos feito é fugir de sob a espada, e o que temos conseguido é ficar sobre ela. A espada corta dos dois lados (embora concretamente corte mais em baixo do em cima).

Li a seguinte notícia e, mais um segundo de distração pensaria que estavas lá: "O presidente do Tribunal Supremo, Cristiano André, revelou quarta-feira, em Luanda, que a população penal em Angola está estimada ..."

Abraços

5:39 PM  
Blogger Nkhululeko said...

Hehehehe :)...
Mangue, nem por distração exerceria tal cargo, como sabes...e estou bem pregado ao Índico. Um abraço.

8:18 PM  

Post a Comment

<< Home